O rei das sobremesas: sir crème brûlée

8 de Fevereiro de 2012

Há muitos anos atrás, numa longínqua terra, surgia uma sobremesa à base de ovos, leite e açúcar. Na sua finalização… mais açúcar! Só que dessa vez, queimado. Formando uma leve e fina casquinha crocante. Como poderia não dar certo um creme gelado com uma camada de caramelo crocante morna em cima? Onde você tem que primeiro quebrar com a colher e descobrir seu interior macio e suculento? Essa sobremesa é mundialmente conhecida como Crème Brûlée!

Apesar dessa sobremesa ser mundialmente conhecida por ser francesa, mais dois países ainda brigam pela origem do doce!

A espanha diz que a Crema Catalana, sua versão acrescida de limão (ou laranja) e canela, surgiu primeiro. A Inglaterra tem vários documentos provando que a sobremesa, na época marcada com o símbolo de Cambridge – mais famosa universidade inglesa – veio primeiro. Mas apesar dessa briga, o primeiro registro do “creme queimado”, veio mesmo da França, no livro Nouveau Cuisinier Royal et Bourgeois de François Massialot no ano de 1691.

Independentemente de quem inventou, o crème brûlée é, e sempre será, considerada uma sobremesa requintada e presente em vários restaurantes mundo afora.

Além do clássico, servido em ramequins, os chefs pâtissiers estão usando o creme como recheio de tortas, bolos, macarons… criando sobremesas incríveis tanto em sabor quanto em apresentação! Fora os sabores incríveis que estão surgindo também – mas o tradicional de baunilha é o mais pedido!

 

Os comentários estão desativados.